Notícias : Uma mãe saiu para uma corrida, mas cometeu um erro terrível que todos nós fazemos!

Uma mãe saiu para uma corrida, mas cometeu um erro terrível que todos nós fazemos!

Ups...

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Correr 110 quilómetros é um verdadeiro teste de resistência, mas para Julie Nisbet, uma atleta, este não foi o mais difícil de suportar.

Esta mãe, de 34 anos, de Shildon, em County Durham, fez a corrida extrema chamada "The Wall". Começou em Carlisle e terminou em Newcastle.

Uma corrida de 21 horas, mas o cansaço da prova foi bem mais fácil de tolerar do que as queimaduras solares.

Com dores agonizantes, ela tentou cobrir as bolhas com ligaduras, antes de ir para o hospital, mas as bolhas só pioraram. Uma semana depois, ela ainda está em sofrimento.

"É uma dor diferente: lateja, faz pressão, é sensível e queima. É desconfortável e sinto-me em agonia".

A jovem usava protetor solar no início, mas como não colocou novamente, com o suor e a água, ela perdeu a proteção.

Os médicos dizem que estas estão entre as piores bolhas que já tinham visto e que vai demorar cerca de seis semanas antes de começar a recuperar verdadeiramente.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: www.ayoye.com · Crédito foto: DAILYMAIL

Goste/partilhe