Notícias : ​Um menino de rua aproxima-se de um carro para pedir dinheiro, mas quando olha para dentro do veículo, desata a chorar.​

​Um menino de rua aproxima-se de um carro para pedir dinheiro, mas quando olha para dentro do veículo, desata a chorar.​

Respira...

Partilhar no Facebook
1,756 1.8k Partilhas

Um menino de rua aproxima-se de um carro para pedir dinheiro, mas quando olha para dentro do veículo, desata a chorar.

Esta história passa-se no Quénia. Infelizmente, esse país africano geralmente não costuma ser o palco de boas notícias. Por exemplo, o protagonista desta história é um menino de rua que tem de pedir esmolas para sobreviver, algo relativamente comum no país. Mas quando ele pediu esmola a uma pessoa especial, a vida dessas duas pessoas mudou para sempre. 

O menino se chama John Thuo. Como mencionado anteriormente, ele vive no Quénia, nas ruas de Nairobi, mendigando e sobrevivendo do que os outros lhe podem dar. Um dos locais mais comuns onde esses meninos aproveitam para pedir, como em Portugal, é nos semáforos. Quando os carros param na luz vermelha, os meninos aproximam-se das janelas e tentam convencer quem está dentro do veículo a dar-lhes dinheiro. Foi assim que John conheceu Gladys Kamande. 

Quando John olhou para dentro do carro, viu que Gladys tinha uma série de equipamentos no veículo que a ajudavam a respirar. Ela precisava deles por causa de um colapso pulmonar que sofreu, e que agora a deixa constantemente com falta de ar. Ao ver o tanque de oxigénio e o gerador, John ficou muito impactado, já que nunca tinha visto nada igual.  

Mas isso não era tudo: Gladys, aos 32 anos, já tinha passado por 12 cirurgias, uma das quais o nervo óptico que se rompeu, deixando-a cega. John, como qualquer criança da sua idade, não pôde conter a curiosidade e perguntou à mulher o que eram todos aqueles objectos que estavam conectados a ela. Quando Gladys lhe contou a história, John não conseguiu segurar as lágrimas.

John percebeu que, se a sua vida nas ruas era dura, a de Gladys era muito pior. O menino, ingénuo, perguntou o que podia fazer para ajudá-la. Gladys pegou na sua mão e rezaram juntos. Não contente com isso, John pegou todo o dinheiro que tinha conseguido esse dia e tirou-o do bolso para dar a Gladys, considerando que lhe faria mais a ela. 

Mas o melhor ainda está por vir: uma homem que passava pelo local ouviu a conversa dos dois, tirou uma foto e partilhou a história na Internet, que se tornou viral em seguida. Comovidos pela história de Gladys e pela bondade de John, milhares de pessoas contribuíram numa campanha para arrecadar dinheiro para ajudar Gladys a pagar o seu tratamento. Em apenas 4 dias, eles conseguiram 8 milhões de shillings (cerca de 77000 euros), quantia que ela pagará por um tratamento na Índia.

E Gladys, ciente de que a sua vida mudou em boa parte por causa do bom coração de John, decidiu adotar o menino para tirá-lo das ruas. Agora ele pode ir à escola colégio e já não tem que mendigar mais. John já considera Gladys como a sua nova mãe. 

Que história linda, não é? Não há dúvidas de que, mesmo levando uma vida tão dura, os meninos que vivem nas ruas estão cheios de bondade e inocência, como qualquer outro. Certamente, agora que estão juntos, John retribui o favor a Gladys enchendo-a de alegria. Parabéns aos dois!

Partilhar no Facebook
1,756 1.8k Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe