Notícias : Separados após 62 anos de casamento porque não podem viver no mesmo lar para idosos

Separados após 62 anos de casamento porque não podem viver no mesmo lar para idosos

É difícil não derramar uma lágrima ao ouvir isto ...

Partilhar no Facebook
2,967 3.0k Partilhas

Separados após 62 anos de casamento porque não podem viver no mesmo lar para idosos 

O casal Wolf e Anita Gottschalk está junto desde 1954. Ao longo de mais de 60 anos eles viveram lado a lado, mas a condição teve de mudar há oito meses atrás, quando, por falta de vagas, os dois não puderam ser instalados no mesmo lar. A reação dos dois durante raros momentos de encontro é emocionante.

Segundo Ashley Bartyik, neta dos dois, eles choram sempre que se veem. “A minha avó já não pode sequer dar-lhe um beijo de boa noite. Ele chama por ela todas as vezes que vê uma foto”, conta. Mesmo depois de vários pedidos, a administração do lar onde vive Anita não deu respostas sobre a possibilidade de receber Wolf.

Ainda de acordo com Ashley, o seu avô está nos estágios iniciais da doença de Alzheimer, que faz já com que ele perca algumas memórias. “Ainda está no começo, mas temos medo de que, vivendo separado da minha avó durante muito tempo, ele deixe de lembrar-se dela”.

A foto abaixo, que já foi compartilhada quase 5 mil vezes, já virou um hino ao amor e uma prova de que, sem ele, a nossa vida não faz sentido:

Enquanto o lar não colabora, a família faz o possível para reunir os dois, buscando Anita ao seu lar e levando-a até ao local onde está Wolf, a 40 minutos de distância, de carro. Com a publicação da história, os responsáveis do lar disseram estar a fazer o possível para resolver a situação, mas Ashley afirma que ninguém entrou em contato com a família para ajudar.

Partilhar no Facebook
2,967 3.0k Partilhas

Fonte: http://www.ayoye.com/images/separes-apres-62-ans-de-mariage-car-ils-ne-peuvent-plus-vivre-dans-la-meme-maison-de-retraite · Crédito foto: http://www.ayoye.com/images/separes-apres-62-ans-de-mariage-car-ils-ne-peuvent-plus-vivre-dans-la-meme-maison-de-retraite

Goste/partilhe