Notícias : Ryanair perdeu a cabeça: colocaram as viagens Porto-Lisboa a 7,99 Euros e brevemente a menos de 5€

Ryanair perdeu a cabeça: colocaram as viagens Porto-Lisboa a 7,99 Euros e brevemente a menos de 5€

Viagens Porto-Lisboa a 7,99 Euros e brevemente a menos de 5€

Partilhar no Facebook
3,225 3.2k Partilhas

Ryanair perdeu a cabeça: colocaram as viagens Porto-Lisboa a 7,99 Euros e brevemente a menos de 5€

A Ryanair está a disponibilizar voos entre Lisboa e Porto a partir de 7,99 euros durante o mês de fevereiro. A partir de dia 16, uma viagem simples entre as duas cidades ficará por menos de 10 euros, e uma de ida e volta custará 15,98 euros.

Para além do Porto, a companhia aérea também vai ter voos mais baratos para Ponta Delgada, a partir de 12,99 euros, e para outras capitais europeias como Paris, a 19,99 euros, e Roma, a partir de 22,99. Os descontos fazem parte da última promoção da empresa “February Madness”, que promete trazer preços loucos.
Além da ligação Lisboa – Porto, a companhia aérea garante viagens entre Lisboa e Ponta Delgada (Açores) a menos de dez euros.

Enquanto a TAP se prepara para disponibilizar voos entre Lisboa e Porto a 39 euros, a Ryanair vai mais longe e eleva a fasquia, com a mesma ligação aérea por apenas cinco 4,99 euros pela tarifa simples e 9,98 euros para um bilhete de ida e volta.

Esta oferta vai ao encontro dos “preços de loucura” anunciados pela companhia aérea, que anuncia também ter voos pelo preço de uma libra.
Além da ligação Lisboa – Porto a menos de cinco euros, a companhia aérea garante ainda viagens entre Lisboa e Ponta Delgada (Açores) a menos de dez euros (9,99€). Saliente-se que os preços mencionados dizem respeito apenas ao voo. Pelo que qualquer escolha específica de lugar representa custos adicionais que rondam os seis euros (5,99€), tal como a exigência em levar até três bagagens (15,90€).

Recorde-se que esta aposta em voos realmente ‘low cost surge menos de um mês depois de o presidente da TAP, Fernando Pinto, ter dito que o objetivo da empresa era “entrar em competição com o comboio e com o sistema de autocarro”.

Partilhar no Facebook
3,225 3.2k Partilhas

Fonte: noticias ao minuto

Goste/partilhe