Notícias : ​Os pais ficam horrorizados ao verem a sua filha recém-nascida. Mas a forma como a criam é maravilhosa…

​Os pais ficam horrorizados ao verem a sua filha recém-nascida. Mas a forma como a criam é maravilhosa…

Amor pela filha...

Partilhar no Facebook
572 572 Partilhas

Os pais ficam horrorizados ao verem a sua filha recém-nascida. Mas a forma como a criam é maravilhosa…

Nós, filhos, não podemos escolher os nossos pais, nem os pais sabem em antemão e com certezas como será o seu filho, se nascerá normal ou não. Mas se na família o amor e a atenção estão em primeiro lugar, todas as dificuldades que enfrentamos na vida desaparecem e passam para segundo plano. E esta história – é um bom exemplo de que o filho, sangue do seu sangue, continua a ser o favorito, sem nada mais importar.

Foi difícil para a pequena Brenna desde o seu nascimento. Ela tem uma doença dermatológica chamada Ictiose, que se caracteriza pela alteração da queratinização e manifesta-se em forma de escamas na pele. Felizmente, os seus pais – são um tesouro! Há que constatar o facto de não são muitos que têm a sorte de ter pais assim.

Courtney e Evan Westlake tiveram o seu primeiro filho Connor, e decidiram que já era altura de ter outro. Como todos os futuros pais, preocupava-lhes o facto de a gravidez estar a ser tão pacífica e suspiravam de alívio toda a vez que o ultrassom mostrava bons resultados. Por último, ficaram a saber que era uma menina. Agora o seu filho tinha uma irmãzinha!  

O jovem casal esperava com alegria este momento na sua vida. Até Evan brincava: “Não lhe vou fazer tranças!”. Mas quando chegou o tão desejado dia do nascimento da menina, todas as projeções para o futuro que os pais já tinham, desmoronaram-se.

Brenna, a sua bebé recém nascida, foi levada com urgência para a unidade de cuidados intensivos. Ela só se mexia, tinha febre muito alta e o seu corpo estava todo coberto com feridas abertas! 

Brenna apresentava uma forma grave de Ictiose, que se manifesta num forte enrugamento da pele, como a queratose actínica de todo o corpo. Os pais só puderam pegar na sua filha duas semanas depois do nascimento. Agora eles tinham que, todos os dias e com muito cuidado, cuidar da sua pele. Por outro lado, a menina precisava também de apoio emocional.  

Em todos os lugares onde Courtney ia com a sua filha, os outros meninos riam-se, insultavam-na e faziam perguntas escandalosas porque a bebé não era parecida com os outros. Como é óbvio, isto chateava a jovem mãe. Mas, mais lamentável era quando ela observava a forma de outros pais, aterrorizados, afastavam os seus filhos de Brenna. 

Mas com a sua atitude protetiva, Courtney mostrava a todos que a sua família é um bom exemplo a seguir. A mãe ama loucamente a filha e sente-se muito orgulhosa dela. 

A jovem mãe só não consegue entender:

“Porque é que os outros pais evitam falar com os seus filhos acerca das pessoas que parecem diferentes? Têm medo de quê? Eles podiam fazer-nos uma visita e perguntar, simplesmente, quantos anos a Brenna tem. Aí os seus filhos perceberiam que somos uma família absolutamente normal. E quando um menino pergunta porque é que a Brenna está tão vermelha, porque não apenas dizer-lhe que não sabe? Afina, não importa a aparência de uma pessoa, somos todos diferentes, não é verdade?”  

O seu pai, Evan também está orgulhoso da sua filha. Todas as tardes ele dá-lhe banho de acordo com um procedimento especial, e lava cuidadosamente os seus cabelos, mesmo que antes do seu nascimento, tenha dito que não ia tocar neles. 

Depois entra a mãe na casa de banho e, juntos, começam a pentear os seus pequenos cabelos louros encaracolados. Admirando a sua pequena beleza, os pais acreditam que a sua filha pode alcançar tudo o que desejar. Ao contrário da primeira impressão que tiveram. 

Estes pais são dignos de todos os louvores e admiração, é um lindo exemplo de como temos que cuidar das crianças com incapacidades. Se ficaste impressionado com esta história, partilha-a com os teus amigos!

Partilhar no Facebook
572 572 Partilhas

Fonte: Qué Pasada · Crédito foto: Qué Pasada

Goste/partilhe