Notícias : ​Os médicos estavam convencidos de que ele não iria sobreviver! Mas admire no que se tornou 13 anos depois!

​Os médicos estavam convencidos de que ele não iria sobreviver! Mas admire no que se tornou 13 anos depois!

Incrível!

Partilhar no Facebook
584 584 Partilhas

Os médicos estavam convencidos de que ele não iria sobreviver! Mas admire no que se tornou 13 anos depois!

Tres Johnson, de Bernie, Missouri, tem desafiado todas as previsões dos médicos. Nascido com uma duplicação craniofacial, dando-lhe "duas faces", ele acabou de fazer 13 anos, incrível porque os médicos não lhe deram chances de sobrevivência após o nascimento.  

Dos 36 casos relatados no mundo, Tres foi o único sobrevivente. Ele espanta os médicos. 

Nascido com uma grande fenda, os olhos são afastados, as narinas também separadas. Ele tem epilepsia e atrasos cognitivos. Tres teve de passar por muitas cirurgias para remodelar o crânio e colmatar esta lacuna e tratar as convulsões, que passaram de 400 por dia a 40, por causa de uma tratamento com óleo de cannabis.   

No entanto, a família luta sempre porque ele enfrentou o assédio de estranhos que lhe dizem que o deviam ter matado e que foram egoístas em mantê-lo vivo. 

Já com três filhos, Brandy, a mãe, admite que a primeira vez que ela viu o filho foi difícil. "Era doce e chocante ao mesmo tempo, parte de seu rosto era como o nosso filho mais velho, e a outra parte como o nosso outro filho. "   

Os pais lutam para encontrar ajuda médica para Tres e dizem que por causa da sua condição, muitos médicos o vêm como um projeto de pesquisa.  

"Foi difícil encontrar um médico que trataria o meu filho como uma pessoa e não como um caso de pesquisa, muitos ofereceram-se para trabalhar com a gente, mas não com os interesses do meu filho no coração. Um deles propos uma cirurgia milagre para que ele fosse normal, mas nos não nos preocupamos com a sua aparência, o que interessa é que ele esteja vivo e bem. "

Partilhar no Facebook
584 584 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe