Notícias : Irmão e irmã fazem amor juntos, mas isso está longe de ser o mais preocupante do seu relacionamento incestuoso
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Irmão e irmã fazem amor juntos, mas isso está longe de ser o mais preocupante do seu relacionamento incestuoso

Este irmão e irmã fazem amor juntos, mas isso está longe de ser o mais preocupante neste relacionamento incestuoso

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
435 435 Partilhas

Daniel e Ana Parra são dois espanhois que estão muito apaixonados e vivem juntos há três anos. Mas há um problema. Ana está grávida. E como isto é um problema?

O pai de Ana abandonou-a com a mãe quando era criança, mas soube que tinha um filho com outra mulher. Aos 20 anos, ela rastreou o irmão, Daniel, nas redes sociais. "Nós conhecemos-nos dois dias depois e nunca nos separamos. "

Eles deram-se bem imediatamente e têm muito em comum. Então, o relacionamento tornou-se romântico. "Nós fizemos uma festa e beijamo-nos", diz Daniel. Eles ficaram chocados: eram irmão e irmã, não podiam ter sentimentos de amor um pelo outro.

Eles então mantiveram o segredo durante um tempo para evitar críticas, depois decidiram viver o relacionamento abertamente, confessando o seu amor ao vivo num programa de TV nacional na Espanha.

Obviamente, eles provocaram reações. Entre aqueles que achavam que era um lindo romance, muitos dizem que é contra a natureza. Eles até receberam cartas ameaçadoras. A mãe de Ana não tomou a notícia bem. Quanto ao pai, ele diz que está feliz e orgulhoso.

Hoje, Ana tem 28 anos e é assistente de loja, enquanto Daniel tem 25 anos e trabalha num supermercado. O casal partilha uma casa e tem um cachorro. Além disso, em breve serão pais, porque em três meses, Ana dará à luz o primeiro filho.

E é aí que fica complicado. Crianças de relacionamentos incestuosos são 25% mais propensas a ter doenças congénitas. Além disso, Daniel não pode ser legalmente considerado o pai da criança, porque é também o seu tio.

O casamento entre irmão e irmã é ilegal na Espanha. No entanto, o casal gostaria de formalizar a sua união com uma celebração simbólica.

Partilhar no Facebook
435 435 Partilhas

Fonte: ayoyemonde
Crêdito foto: ayoyemonde

Goste/partilhe