Notícias : Filhos tem atitude heroica para salvar mãe do padrasto violento!

Filhos tem atitude heroica para salvar mãe do padrasto violento!

Amor perigoso!

Partilhar no Facebook
686 686 Partilhas

Filhos tem atitude heroica para salvar mãe do padrasto violento!

Quem já passou por relacionamento violento sabe muito bem o medo que isso causa, uma espécie de trauma. Imagina quando envolve crianças como no caso da australiana Rachael Moore que tinha cinco filhos com idades entre 2 e 14 anos, três filhos mais velhos são de um casamento anterior, cujo marido era violento. 

Mas Rachel conheceu Daryl alguns anos depois e decidiu tentar novamente. Viveram sete anos felizes criando os três filhos do primeiro casamento e as outras duas crianças que tiveram juntos. Daryl era como um pai para os mais velhos e, até então, ele era paciente e amoroso. Mas um dia ele se descontrolou e agrediu a esposa. Rachael resolveu se separar, pois não aturaria mis um marido violento.  

Ele saiu e conseguiram manter uma amizade para o bem das crianças. Mas Rachael sabia que ele não tinha se conformado com a separação. Um dia, ele mandou várias mensagens ameaçadoras e ela sentiu que ele iria fazer uma besteira. De repente ela ouviu o barulho do carro dele e correu com as crianças para se esconder em um quarto. Eles podiam escutar o som dos passos de Daryl vagando pela casa. 

Quando Daryl entrou no quarto, todos assustados tentaram acalmá-lo, mas não surtiu efeito. Ele ergueu o rifle e atirou no braço da ex-mulher duas vezes e a deixou inconsciente. Ao presenciar a cena, os filhos ficaram desesperados e a reação de Cameron, de apenas 12 anos, foi socar Daryl no estômago e  incrivelmente ele conseguiu desarmá-lo,  depois correu para o lado de fora da casa com o rifle para escondê-lo. Com isso, Jayden, 14 anos, deu um mata-leão e o deixou inconsciente. Kaylea, de 10 anos, conseguiu tirar a mãe do quarto em segurança, foi fazer um curativo improvisado e chamar a polícia. 

 

Rachel sobreviveu ao ataque e Daryl graças aos seus 5 filhos. O agressor está sob custódia esperando o julgamento por tentativa de homicídio.

Ela quase teve que ter o braço amputado, mas felizmente, após várias cirurgias, ele foi salvo.

Assista o vídeo onde eles contam tudo com suas palavras (em inglês):  

Os filhos ganharam a medalha Orgulho da Austrália, mas medalha nenhuma vai tirar o trauma dessas crianças. Todos eles estão assustados, mas vivos. E vamos torcer para que juntos eles consigam seguir em frente e ser uma família feliz outra vez.

Partilhar no Facebook
686 686 Partilhas

Fonte: Não Acredito · Crédito foto: Não Acredito

Goste/partilhe