Notícias : ​Este rapaz nasceu com “duas caras” e os estranhos dizem aos pais para o matarem! 13 anos depois, admire no que se tornou.

​Este rapaz nasceu com “duas caras” e os estranhos dizem aos pais para o matarem! 13 anos depois, admire no que se tornou.

13 anos depois, veja no que se tornou!

Partilhar no Facebook
350 350 Partilhas

Este rapaz nasceu com “duas caras” e os estranhos dizem aos pais para o matarem! 13 anos depois, admire no que se tornou.

Tres Johnson, de Bernie, em Missouri, desafiou todos os prognósticos dos médicos. Nasceu com disprosopia o que lhe deu “duas caras”, e acabou de celebrar o seu 13º aniversário quando os médicos não lhe deram hipóteses nenhumas de sobrevivência quando nasceu.  

Dos 36 casos reportados no mundo, Tres terá sido o único sobrevivente, o que fascina os médicos. 

Nasceu com uma grande fenda, os seus olhos estão bastante afastados bem como as narinas. Ele tem epilepsia e atrasos cognitivos. Tres teve que passar por muitas cirurgias para remodelar o crânio e fechar a fenda, tal como tratar dos ataques epiléticos, que passaram de 400 por dia, para 40, graças ao tratamento com óleo de canábis.   

No entanto, a sua família sempre lutou por ele, enfrentando assédios de estranhos que lhes disseram para o matar e que mantê-lo vivo era egoísta. 

Tendo já três crianças, Brandy, a sua mãe, admite que as primeiras vezes que viu o seu filho foram difíceis. “Ele era adorável e chocante ao mesmo tempo, parte da sua cara parecia a do nosso filho mais velho, e a outra metade parecia a do nosso outro filho”.   

Os pais tiveram dificuldade em encontrar ajuda médica para o Tres e dizem que, por causa da sua condição, muitos médicos veem-no como um projeto de investigação.   

“Foi difícil para nós encontrar um médico que tratasse o nosso filho como uma pessoa e não como um caso de estudo, muitos ofereceram-se para trabalharem connosco, mas não com os interesses do nosso filho nos seus corações. Um deles ofereceu uma cirurgia milagrosa que o faria parecer normal, mas eu não queria saber da sua aparência, o mais importante era ele estar vivo e bem”.

Partilhar no Facebook
350 350 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe