Notícias : ​Este fugitivo escondeu-se durante 7 anos num zoo. Ele arrancou a cabeça de uma tartaruga para se alimentar, mas não ficou por aí!

​Este fugitivo escondeu-se durante 7 anos num zoo. Ele arrancou a cabeça de uma tartaruga para se alimentar, mas não ficou por aí!

Uma história improvável!

Partilhar no Facebook
70 70 Partilhas

Este fugitivo escondeu-se durante 7 anos num zoo. Ele arrancou a cabeça de uma tartaruga para se alimentar, mas não ficou por aí!

Um assassino que estava a ser procurado na Austrália conseguiu enganar a polícia... durante 7 anos.

Foi ao acampar num zoo em Nova Gales do Sul que o assassino se conseguiu esconder e sobreviver de uma maneira incredível desde junho de 2005 até março de 2012.  

Malcom Naden, este assassino fugitivo, escondeu-se no tecto da cabana de um gerente do parque e utilizou os grelhadores ativados a moedas para cozinhar as suas refeições. Ele roubou bananas aos elefantes, vasculhou os lixos e, quando esgotou as suas reservas alimentares, arrancou a cabeça de uma tartaruga das Galápagos e comeu as suas entranhas. 

Foi graças a Mike, um contratante experiente que trabalhou em Melbourne e que faz consultoria de segurança privada, que o fugitivo foi apanhado. Mike foi contatado por um membro do pessoal responsável pela segurança do zoo, depois de terem notado a ocorrência de estranhos acontecimentos e de suspeitarem da presença de um sem abrigo no Zoo de Western Plains.

Os grelhadores do parque eram encontrados ainda quentes às 5 da manhã, a comida fora de prazo ou que não tinha sido consumida, desaparecia dos contentores do lixo, tal como as bananas e os sacos em que se encontravam – que foram encontrados perto do cercado dos rinocerontes, formando uma cama.  

O empregado, Roger, disse que leite, pão e Vegemite desapareciam da sua casa que se situa dentro do parque, e atribuiu os barulhos no tecto da mesma a guaxinins. A mulher responsável pela limpeza na cabana de Roger disse também ter-se cruzado com um homem no quarto do seu patrão; ele estava a sair do duche e pediu-lhe uma toalha. 

Carole, a empregada da limpeza, descreveu o homem que se identificou como “David, de Sidney”, um amigo de Roger com quem ele falava frequentemente ao telemóvel. Com a descrição de Carole, Mike percebeu rapidamente o que se estava a passar.

Naden, um solitário de 32 anos, matou a namorada da sua prima, Kristy Scholes, e esteve implicado também no desaparecimento da própria prima, Lateesha Nolan. Era também procurado pela violação de uma adolescente de 15 anos, cometida em Dubbo, a cidade natal de Naden.  

Mas Naden continuava a esquivar-se. Quando as suas impressões digitais foram descobertas na casa de Roger, a polícia iniciou uma patrulha regular no local. E o homem começou a deixar mais vestígios, uma vez que os recursos que antes tinha à sua disposição começaram a ser vigiados. 

No dia 21 de dezembro de 2011, um veterinário viu-o a sair do cercado das tartarugas das Galápagos, onde ele tinha arranco a cabeça a uma delas e comido as suas entranhas. Ele finalmente saiu do zoo, onde acabou por disparar sobre um polícia, no final do mesmo mês, em Nowendoc. 

Naden foi finalmente capturado numa cabana em Rawdon Vale, no dia 22 de março de 2012.  

No ano seguinte, Naden declarou-se culpado das acusações de assassinato e encontra-se em prisão perpétua.

Partilhar no Facebook
70 70 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe