Notícias : Este casal é enterrado vivo. Mas ao escavarem 2800 anos depois, os arqueólogos ficam sem palavras com o que vêem.

Este casal é enterrado vivo. Mas ao escavarem 2800 anos depois, os arqueólogos ficam sem palavras com o que vêem.

2800 anos depois.

Partilhar no Facebook
1,650 1.7k Partilhas

Este casal é enterrado vivo. Mas ao escavarem 2800 anos depois, os arqueólogos ficam sem palavras com o que vêem.

Em 1972, pesquisadores descobriram em Teppe Hasanlu, no norte do Irão, esqueletos de dois humanos. 

Trata-se de uma mulher e de um homem que morreram por volta de 800 anos a.C.. 

Acredita-se que eles se esconderam num bunker, uma espécie de esconderijo subterrâneo, enquanto a cidade estava em guerra. 

O esconderijo eventualmente acabou por desabar e eles morreram asfixiados. Quase 2800 anos depois, durante uma escavação, os dois foram encontrados na exata posição em que estavam antes de morrer: o esqueleto masculino tinha o braço em torno do esqueleto feminino, que o beijava.

Desde então, a descoberta é conhecida por "os amantes", unidos até o último suspiro. Um verdadeiro exemplo de amor eterno!

Partilhar no Facebook
1,650 1.7k Partilhas

Fonte: http://www.naoacredito.com.br/hasanlu-amantes/?ref=fb · Crédito foto: http://www.naoacredito.com.br/hasanlu-amantes/?ref=fb

Goste/partilhe