Notícias : Esta menina morreu aos 6 anos de idade. Três dias mais tarde, a sua mãe encontra algo que a deixa confusa na gaveta das meias

Esta menina morreu aos 6 anos de idade. Três dias mais tarde, a sua mãe encontra algo que a deixa confusa na gaveta das meias

Continue procurando

Partilhar no Facebook
345 345 Partilhas

Esta menina morreu aos 6 anos de idade. Três dias mais tarde, a sua mãe encontra algo que a deixa confusa na gaveta das meias

Elena Desserich era como qualquer outra menina da sua idade: aos 6 anos gostava de desenhar, da cor rosa e, quando fosse grande, queria ser professora. Mas por desgraça logo tudo mudou: o cancro que os médicos detetaram no seu cérebro era incurável e só lhe davam uns 3 meses de vida. Os seus pais esconderam este fato, para que a menina pudesse desfrutar do pouco tempo que ficaria com eles. 

Na altura, Elena estava tão doente que tinha problemas em deglutir e falar. Para comunicar com os seus pais, começou a escrever bilhetes. O que eles não sabiam é que Elena estava a esconder alguns desses bilhetes pela casa: a menina sabia mais do que lhe diziam. É que os seus pais e os médicos usavam palavras em forma de código para que a menina não descobrisse o seu triste destino.  

Escondeu os seus bilhetes entre pratos, em gavetas, em livros... Em todos eles, dizia que amava a sua família. Num deles, até pedia desculpa ao seu pai por estar doente. Elena morreu em agosto de 2007. Durante meses, os seus pais encontraram bilhetes espalhados por toda a casa, quando menos esperavam. Cada bilhete que eles encontravam era um golpe que lhes recordava que a sua filha tinha partido, mas também uma bênção que lhes recordava que a sua filha os tinha amado no pouco tempo que teve de caminhar na terra. 

Alguns bilhetes apenas diziam "I love you" (Amo-vos), mas outros eram mais detalhados, com desenhos bonitos de corações. Alguns eram mesmo, conselhos para a sua irmã mais nova, para prepará-la a escola. Com todas as notas que recolheram, decidiram publicar um livro contando a história de Elena e partilhando os seus bilhetes com o mundo, que intitularam "Notes Left Behind" (Bilhetes deixados para trás). Os pais doaram os lucros para grupos de apoio contra o cancro, a doença que lhes negou o direito de desfrutar da sua filha durante mais de 6 anos. Este é o "trailer" que fizeram para o livro (em inglês):  

Descansa em paz, Elena. É óbvio que era uma menina muito especial, que amava muito a sua família. E através destes bilhetes, a sua memória viverá para sempre.

Partilhar no Facebook
345 345 Partilhas

Fonte: No lo creo · Crédito foto: No lo creo

Goste/partilhe