Notícias : ​Esta menina é abusada em grupo ... dois anos depois, o que ela faz é devastador ...​

​Esta menina é abusada em grupo ... dois anos depois, o que ela faz é devastador ...​

Uma história horrível ...

Partilhar no Facebook
3,120 3.1k Partilhas

Esta menina é abusada em grupo ... dois anos depois, o que ela faz é devastador ...

Uma jovem menina de 13 anos chamada Cassidy Trevan suicidou-se depois de ser intimidada e abusadapor dois rapazes mais velhos, há dois anos.

A adolescente tinha cancelado o ano escolar em Melbourne depois de ser intimidada por um grupo de meninas.

Nas palavras da sua mãe, Linda, as meninas teriam batido em Cassidy muitas vezes, além de constantemente lhe dizerem coisas más.

Elas chegaram mesmo a vandalizar a residência dos seus pais.

Tendo reclamado na escola, as meninas teriam pedido desculpas e comvdaram-na para ir a um festival com elas.

Mas em vez de a levarem para o festival, elas levaram-na a uma casa onde ela foi vítima de um abuso coletivo horrível.

Dois rapazes mais velhos estavam à espera dentro da casa e as outras duas meninas ficaram sentadas até que o abuso fosse concluído. Enquanto Cassidy estava a ser atacada, um dos dois jovens vigiava a porta da frente.

Em seguida, eles inverteram os papéis. Mais tarde, Cassidy não se queixou à polícia porque tinha medo de represálias. Numa publicação devastadora no Facebook, a mãe da jovem afirma ter feito tudo para salvar da filha nos últimos dois anos.

"Eu vi a minha filha viver um inferno durante 22 meses por causa desses demónios", escreveu ela.

Ela sofria de ansiedade, porque estava sempre com medo de ser encontrada e o pesadelo começava novamente.

Apesar do inferno que ela tinha vivido, Cassidy ainda recebia mensagens de intimidação no telemóvel e nas redes sociais.

Cassidy encontrou-se com a polícia na presenças da mãe várias vezes durante os últimos dois anos, mas ela recusou-se a fazer uma queixa formal.

A adolescente vivia um medo extremo e temia as consequências sociais.

A jovem Cassidy Trevan suicidou-se tragicamente no dia 12 de Dezembro de 2015.

Aqui está a mensagem do Facebook de Linda, a mãe de Cassidy:

"BULLYING MATOU A MINHA FILHA ...

Eu fiquei em silêncio sobre isto durante muito tempo ...

Um grupo de crianças cruéis e doentes (censurado) (meninos e meninas com idades entre 13 a 15 anos na época) fizeram um crime repugnante de ódio à minha única e magnífica filha Cassidy Trevan, no dia 15 de Fevereiro de 2014.

Cass tinha apenas 13 anos na época. Embora tenha desesperadamente feito tudo o que podia para mantê-la viva, ela nunca foi capaz de superar esta provação.

Embora tenhamos mudado de casa, ela nunca foi capaz de retornar à escola porque não podia estar em torno de pessoas.

Ela estava sempre com medo de ser atacada novamente e tinha ataques de pânico.

Eu vi a minha filha sofrer durante 22 meses devido a esses demónios ... ela estava sempre com medo de encontrá-los e que eles regressassem.

Eles continuaram a fazer-lhe bullying pelo telemóvel e por meio das redes sociais.

Ela lembrava-se sempre do crime e ela tinha ataques de ansiedade, insónias, pânico ... a sua força mental foi completamente destruída.

Eu observava impotente a minha filha preciosa a desaparecer diante dos meus olhos, mentalmente e fisicamente, até que ele raramente se levantava da cama até que já não era capaz de viver com a dor e tormento que a assombrada. O que vocês lhe fizeram está directamente relacionado com o seu suicídio no dia 12 de Dezembro de 2015.

Eu sei quem são e vocês sabem quem somos, e a polícia sabe quem vocês são. Espero que as vossas ações os assombrem para o resto das suas vidas e um dia se tiverem a sorte de terem o vosso próprio filho ... lembrem-se que do que fizeram ao meu precioso bebé, e imagine como se sentiriam se alguém fizesse o mesmo ao vosso bebé.

Cassy era o meu mundo, ainda é e sempre o será. Mas agora eu não tenho nada, e eu tento encontrar uma razão para continuar a viver sem ela. Vocês não só mataram a minha filha, que eu amava com todo meu coração durante mais de 16 anos, vocês também mataram o meu futuro com ela. Eu nunca vou vê-la casar-se. Eu nunca vou ser avó. Vocês destruíram tantas vidas por causa de um ato estúpido e ignorante. Isto não é um jogo e não foi apenas uma noite de diversão para vocês. Vocês roubaram a inocência da minha filha, a sua humanidade, a sua dignidade, os seus direitos, as suas chances de viver uma vida normal ... e vocês roubaram a sua vida.

Eu não sou uma pessoa vingativa ou enraivecida ... mas o que vocês fizeram ... Eu espero que nunca se esqueçam quem realmente vocês são e do nome de Cassidy Trevan. Vocês têm sangue nas vossas mãos para o resto da vida.

O bullying matou a minha filha, o bullying deve ser levado a sério. Por favor partilhe.

Linda Trevan "

Uma mensagem incrível que tocou milhares de pessoas.

Esta história é tão triste e tão trágica.

Partilhar no Facebook
3,120 3.1k Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe