Notícias : Esta bonita mulher sofreu um massacre na face. Ela era tão bonita... O que aconteceu é indescritível

Esta bonita mulher sofreu um massacre na face. Ela era tão bonita... O que aconteceu é indescritível

É indescritível

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
40 40 Partilhas

Connie Culp tinha somente 15 anos quando acreditava ter encontrado o amor da sua vida. Porém, mal ela podia acreditar que o momento em que conheceu Tom iria marcar a sua vida pela tragédia.

Inicialmente, tudo parecia perfeito e eles casaram-se, tiveram dois filhos, e viviam uma vida feliz. No entanto, com os anos a passarem, Tom foi se revelando cada vez mais um homem ciumento e implicativo com Connie.

Ela era uma bela mulher e ele era demasiado ciumento e sentia dificuldadeses em vê-la lidar com outras pessoas, especialmente com outros homens. Se a situação já era difícil, pior ficava porque eles trabalhavam num bar, do qual eram donos, e o convívio com pessoas, à noite, era inevitável.

A tensão foi crescendo dentro do casamentoe e ela já sentia dificuldades para se manter nessa relação, cada vez mais abusiva. No entanto, apesar do agravar das discussões, ela não poderia imaginar que ele chegasse a esse ponto. Antes do incidente final ocorrer, Tom já tinha batido, por duas vezes, em Connie, com bastante violência, deixando-a marcada.

O pior estava por vir e aconteceu quando ele a viu a conversar com outro homem. Foi em 2004 e Tom não teve meias medidas, pegando numa pistola e disparando contra a cara da esposa. "Lembro-me do momento em que ele apontou a arma para mim. Lembro-me do que ele me disse. Lembro-me do momento em que a arma disparou. Eu não me esqueci de nada", disse Connie. Connie não morreu, quase milagrosamente, mas a sua beleza nunca mais foi recuperada. Ela ficou com o rosto destruído: nariz, bochechas e lábio superior desfigurados para sempre. Porém, em 2008, a sua vida sofreu uma nova mudança, quando ela passou por um transplante de face. Foi o primeiro procedimento nos Estados Unidos e depois da cirurgia de 23 horas, Connie pode sorrir novamente.

Enquanto ela vai recuperando a sua vida, o marido continua preso, por tentativa de homicídio.

Partilhar no Facebook
40 40 Partilhas

Fonte: www.ayoye.com
Crédito foto: FEROCE.CO/CONNIE-CULP

Goste/partilhe