Notícias : ​Ele nasceu com uma massa na face, alguns meses depois, os médicos fazem um milagre!

​Ele nasceu com uma massa na face, alguns meses depois, os médicos fazem um milagre!

Uma notícia muito rara!

Partilhar no Facebook
425 425 Partilhas

Ele nasceu com uma massa na face, alguns meses depois, os médicos fazem um milagre!

Mary e Mark Gundrum, de Wisconsin, estão no auge da felicidade quando vão ao médico fazer o ultrassom ao seu bebé de 22 semanas. Eles estão à espera de um rapaz! Mas o médico sustém a respiração e prepara-se para lhes dar más notícias.

Ele vê, no ecrã, uma massa em frente à boca do bebé. O bebé ainda por nascer sofre de duas doenças raras: encefalocele, que faz com que o cérebro se desenvolva fora da caixa craniana; e doença de Tessier, também chamada de fenda facial. Ele sugere um aborto porque, para além da cara distorcida, esta doença pode ser fatal ou muito incapacitante, e é, ainda, difícil de tratar. 

Já pais de 7 crianças, Mary e Mark não querem abandonar este bebé! A gravidez é então levada até ao fim e o pequeno Dominic nasce.  

Enquanto pesquisava, Mary encontra o Dr. John Meara, um cirurgião de renome de Boston que já tratou de casos deste género. O casal tenta de tudo e contatou-o. No dia seguinte eles recebem uma chamada do cirurgião! 

O Dr. Meara aceita tratar de Dominic! Uma notícia maravilhosa para o casal, embora ainda não tenham ganho nada!  

Em Boston, o Dr. Meara explica-lhes todos os detalhes da intervenção e o casal sente-se apoiado neste teste. A operação deve durar cerca de 10 horas. 

Após apenas 6 horas, a operação já está acabada e será necessário esperar até um mês de convalescença para que seja um sucesso. 

Dominic recupera a mobilidade dos seus olhos rapidamente, muito bom sinal. Apesar de ser obrigatória uma consulta anual de acompanhamento, ele parece estar fora de perigo e voltou a ganhar o gosto por brincar…   

E sorri! 

Agora ele pode levar uma vida normal com os seus pais, irmãos e irmãs!

Partilhar no Facebook
425 425 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe