Notícias : ​Ela vive um verdadeiro pesadelo! Hoje, ela é a primeira no mundo a receber este tratamento!​

​Ela vive um verdadeiro pesadelo! Hoje, ela é a primeira no mundo a receber este tratamento!​

Incomum, mas incrível!

Partilhar no Facebook
659 659 Partilhas

Ela vive um verdadeiro pesadelo! Hoje, ela é a primeira no mundo a receber este tratamento!

Uma brasileiro de 36 anos, Maria Ines Candido da Silva, trabalha como empregada de mesa num restaurante Russas, nordeste do Brasil. Enquanto estava ocupada, como de costume, uma botija de gás explodiu.

Completamente atordoada, ela ficou gravemente queimada nos braços, pescoço e rosto. Ela foi transportada de emergência para um hospital. A dor é insuportável e ela arrisca ficar desfigurada para o resto da vida. Mas Maria participa numa uma nova técnica para tratar vítimas de queimaduras.

O processo é bastante simples: aplica-se pele de peixe à 'carne' queimada. A pele de tilápia, que é resistente à doença, é terapêutica e restaura a carne.

Naturalmente, antes de utilizar a pele, esta deve ser limpa, cortada em fatias de 10 cm por 20 cm. Também deve ser congelada durante dois anos antes de poder ser aplicada a feridas como curativo.

Este tratamento foi testado pela primeira vez na Maria, desde então foi testado em 50 doentes. Embora as propriedades curativas da pele de tilápia tenham sido estabelecidas em laboratório, o teste em grande escala é incerto.

Maria tinha lesões tão graves que teve que receber várias ataduras, o período de recuperação estende-se a mais de 20 dias. Um caso ideal para este estudo. 

O seu corpo parece saído de um filme de ficção científica com estas escamas que o cobrem.

Então chega a hora de remover a pele. Depois de três semanas, os resultados são surpreendentes. 

A pele está completamente reparada, macia e suave. Um verdadeiro milagre. 

Agora ela é porta-voz para o novo sistema: "Eu amei o tratamento e gostaria de o recomendar a todos aqueles que sofreram como eu. "

Naturalmente, a pele de peixe é muito mais barata do que os procedimentos tradicionalmente utilizados para tratar vítimas de queimaduras, além de ser indolor e dar excelentes resultados.  

Partilhar no Facebook
659 659 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe