Notícias : Ela recusa-se a ter relações sexuais com o namorado, o que ele lhe faz é indescritível.

Ela recusa-se a ter relações sexuais com o namorado, o que ele lhe faz é indescritível.

Não há palavras para descrever o que ele lhe fez.

Partilhar no Facebook
1,402 1.4k Partilhas

Ela recusa-se a ter relações sexuais com o namorado, o que ele lhe faz é indescritível.

Aqui estão algumas das imagens chocantes. Esta jovem mãe, Stephanie Littlewood Leeds, 32 anos, e o namorado espancou-a quase até à morte porque ela se recusou a ter relações sexuais com ele.

Ele partilhe o maxilar, causou-lhe graves contusões e chegou mesmo a estrangulá-lo.

Mãe de uma criança, ela partilhou fotos dela na cama de hospital em Abril, após o cônjuge, Hoban, a ter posto inconsciente. Ele está na prisão por 16 meses.

Embriagado, ele ficou em tal estado de fúria que a atingiu entre 40 a 50 vezes.

"Em Abril, o meu marido Wayne Hoban quase me matou ao bater-se. Ele estava louco durante toda a noite e queria ter sexo, mas porque recusei, ele ficou irritado e tornou-se agressivo ", disse ela.

"Ele atirou-me na cama e deixou-me em lágrimas antes de sair. Depois voltou e agarrou-me pelo tornozelo para me tirar da cama "

"Ele atirou-me no chão, sentou-se sobre mim e estrangulou-me porque eu não me mexia, isto antes de bater-me 40 ou 50 vezes. "

Isso fez-lhe cair três dentes e partir-lhe a mandíbula.

"Eu fiquei inconsciente, mas ele continuou a bater-me. "

Levada para o hospital, temia-se que o ataque brutal deixasse danos cerebrais.

Ela também conta como  sofreu danos psicológicos após este violento e abusivo ataque.

"Todos os dia eu enfrento o que ele fez. Todas as vez que  escovo os dentes e me olho ao  espelho vejo o que ele fez. Os seus golpes partiram-me os dentes à esquerda e deixaram um buraco não é suficientemente grande para um dente. Eu tenho medo de sair, ele destruiu-me a minha confiança.  As pessoas dizem-me que não me posso esconder e que não foi culpa minha, eu começo finalmente a perceber que eles têm razão. "

Depois ela decidiu falar sobre a sua experiência. "Quero alertar as mulheres, contar-lhes que tipo de monstro ele é. Eu não tenho que me sentir envergonhada, ele é que deveria ter vergonha. Eu não me vou esconder."

O conjugue dela foi finalmente ao tribunal de Leeds na última quarta-feira sob a acusação de agressão agravada, ele declarou-se culpado das acusações  de agressão, recebendo uma sentença de 16 meses de prisão. Depois de passar seis meses numa cela, ele será elegível para liberdade condicional mas Stephanie teme que ele seja liberado em dois meses.

"Vou continuar a sofrer quando ele for livre", disse ela.

Partilhar no Facebook
1,402 1.4k Partilhas

Fonte: http://www.ayoye.com/images/elle-refuse-de-faire-l-amour-avec-son-copain-ce-qu-il-lui-fait-est-indescriptible · Crédito foto: http://www.ayoye.com/images/elle-refuse-de-faire-l-amour-avec-son-copain-ce-qu-il-lui-fait-est-indescriptible

Goste/partilhe