Notícias : ​Detalhes perturbadores divulgados sobre o condutor do camião no ataque em Nice​

​Detalhes perturbadores divulgados sobre o condutor do camião no ataque em Nice​

Aqui está o que se sabe.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Detalhes perturbadores divulgados sobre o condutor do camião no ataque em Nice

O terrorista no camião, Mohamed Lahouaiej Bouhel era um jihadista que desprezava todas as regras do Islã, de acordo com o primo.

Este homem de 31 anos que semeou o terror na Promenade des Anglais, em Nice durante as comemorações do 14 de julho bebia álcool, comia carne de porco e tomava drogas, ele nunca rezava nem visitava mesquitas, além de bater na mulher que tinha pedido o divorcio.

Bouhel era conhecido da polícia desde janeiro e foi acusado de crimes menores. Ele teria perdido o emprego como homem de entregas, por ter adormecido ao volante, causando um acidente envolvendo quatro veículos, ele envolvia-se também lutas de bar.

Walid Hamou, o primo por casamento dele disse: "Bouhel não era religioso. Ele não ia à mesquita, não orava, não respeitava o Ramadã. Ele bebia, comia carne de porco e consumia drogas, o que é condenado pelo Islã. Ele não era um muçulmano. Ele batia na esposa, a minha prima".

Ele foi preso pela polícia algumas horas antes de atropelar a multidão com um camião de 25 toneladas e disparar sobre a polícia e transeuntes.

Ele disse que estava a entregar gelo e que lhe tinha sido permitido estacionar durante várias horas na área.

Depois, todos nós sabemos, o que aconteceu. A esposa foi colocada sob proteção da polícia. A polícia revistou o apartamento que ela dividia com o marido nas primeiras horas da manhã, bem como um imóvel alugado nas proximidades, onde outros fatos vieram à tona sobre as intenções de Bouhel.

Um vizinho de Bouhel da Tunísia, Wissam, disse que "quinta-feira, ele estava a beber com um colega e eles discutiram. O amigo disse-lhe que ele não valia nada, ao que ele respondeu: Um dia vai ouvir falar de mim. É um homem que bebe e fuma drogas ".

Outro vizinho disse que ele era um pouco anti-social, enquanto uma vizinha, Hannah, disse que ele parecia estranho, e que ela o evitava.

As armas e granadas encontradas pela polícia no camião eram falsas e inúteis.

Hamou disse: "A minha prima está com a polícia. Eles revisaram o seu apartamento por volta das 11 horas da manhã, para sua própria proteção. Ela está a prestar depoimento. "

Bouhel tinha-se separado da esposa há dois anos. De acordo com um outro vizinho, Nassim "Ele não era um fanático muçulmano. Ele bebia álcool, ia às meninas, ia a bar e discotecas. Ele não comparecia em mesquitas, ele não era nada religioso. Ele tinha-se separado da esposa há dois anos. Ela é uma senhora encantadora."

Bouhel viveu com a esposa e os três filhos num pequeno apartamento num bairro pobre de Nice. Ele tinha perdido o emprego recentemente, ele era entregador. Ele estava aparentemente deprimido nos últimos meses, enquanto o seu divórcio era formalizado e mudou-se para um imóvel alugado nas proximidades. Ele era conhecido da polícia por roubo, infracções menores e violência doméstica, além de ter sido preso após uma discussão num bar no dia 27 de janeiro.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: http://www.ayoye.com/nouvelles/de-troublants-details-devoiles-au-sujet-du-conducteur-du-camion-de-l-attaque-a-nice · Crédito foto: http://www.ayoye.com/nouvelles/de-troublants-details-devoiles-au-sujet-du-conducteur-du-camion-de-l-attaque-a-nice

Goste/partilhe