Notícias : ​Condenado por violar uma menina, ele vai passar 42 anos na prisão. Mas isso não é o pior que ele lhe fez ..

​Condenado por violar uma menina, ele vai passar 42 anos na prisão. Mas isso não é o pior que ele lhe fez ..

Desprezível!

Partilhar no Facebook
163 163 Partilhas

Condenado por violar uma menina, ele vai passar 42 anos na prisão. Mas isso não é o pior que ele lhe fez ..

Um homem de Montana que perseguiu uma menina num parque, que a violou, estrangulou e deixoupara morrer numa carrinha abandonada em fevereiro de 2016, vai passar 42 anos atrás das grades.

John William Lieba II foi condenado na quarta-feira no U.S. District Court de Great Falls, num caso que os promotores chamam de "um pesadelo para todos os pais."

Ele foi condenado por rapto de crianças, pudor agravado e agressão ocasionando sérios danos a um menor. O juiz Brian Morris impôs-lhe uma sentença de 500 meses de prisão a cada uma das acusações.

O ataque deixou a criança com uma doença sexualmente transmissível.

Ela foi encontrada dois dias depois do fato, quando um policia se apercebeu das suas pegadas numa poça de lama e viu a menina numa cama improvisada na cabine da carrinha.

As contusões e os vasos sanguíneos rebentados na cabeça e no pescoço indicam que Lieba a tentou estrangular.

No julgamento, uma menina de 12 anos, vizinha da vítima, testemunhou que ela foi também perseguida pelo acusado em Wolf Point Park por volta das 21:30h da noite em que a vítima desapareceu, mas ela conseguiu escapar. 

Lieba tinha parado de tomar os seus medicamentos anti-psicóticos e não se lembra dos eventos.

Lieba e a vítima fazem parte de uma tribo da reserva Fort Peck que disse que estes crimes são devidos à uma metanfetamina que está em alta pela reserva. Uma semana após os atos perpetrados por Lieba, uma criança de um ano teria sido morta pela sua babysitter que atirou o seu corpo para dentro de um caixote do lixo.

Partilhar no Facebook
163 163 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe