Após uma noite muito intensa, esta mulher fica com um enorme vibrador preso no traseiro.

70588 Visualizações
70588
Após uma noite muito intensa, esta mulher fica com um enorme vibrador preso no traseiro.
730
Partilhas
/ /

Após uma noite muito intensa, esta mulher fica com um enorme vibrador preso no traseiro.

Às vezes, há coisas que é melhor não partilhar nas redes sociais, especialmente quando se é um professor. Emma Phillips, uma professora de 24 anos de Wallasey, Merseyside, deu a notícia da sua condição na cama do hospital depois de lá chegar de forma pouco trivial.

Na verdade, ela teve que ir à faca para remover um vibrador de cerca de 18 cm, preso no seu traseiro.

Enquanto o marido, Lee Miller, e ela se divertiam em atividades impertinentes, ela pensou que ele tinha guardado o brinquedo, mas ao pressionar o estômago, ela sentiu-o dentro dela .

O casal tentou tirá-lo com pinças de churrasco, mas sem sucesso.

Só que isto não é um tema de conversa a ter com amigos, e falar disso no Facebook não é provavelmente a ideia do século:  

"No começo fizemos muitas piadas sobre isso, mas então percebemos que não era tão engraçado assim, especialmente quando nos falaram que [o vibrador] poderia ir além do meu estômago se nada fosse feito", conta Emma, acrescentando um elogio ao trabalho dos médicos: "Eles foram muito bons, disseram-me que isso acontecia bastante, o que foi realmente um alívio para mim".

No entanto, com a sua mensagem, ela diz às pessoas para não deixar o embaraço impedi-las de pedir ajuda médica se tal situação acontecesse com eles.

"Nós tínhamos bebido na noite anterior e não podíamos conduzir. Eu tive que chamar uma ambulância às 7h, o operador pediu-me para lhe dizer qual era o problema, e eu tive de o fazer".

A mãe dela veio cuidar do filho do casal, enquanto eles foram para o hospital.  

Depois de um raio-X, vimos que estava demasiado e precisávamos anestesiar para retirá-lo. Tudo foi feito com a ajuda de uma câmera através de seu esôfago e pressionando a barriga para removê-lo manualmente. 

A equipe do hospital ofereceu-lhe o brinquedo sexual como recordação, mas Emma Phillips recusou educadamente a atenção.


  Partilhar no facebook