Notícias : A sua namorada morreu num acidente trágico, ele depois revela um segredo terrível.​

A sua namorada morreu num acidente trágico, ele depois revela um segredo terrível.​

Tão jovem!

Partilhar no Facebook
2,513 2.5k Partilhas

A sua namorada morreu num acidente trágico, ele depois revela um segredo terrível.

Às vezes a vida tem surpresas más. Mesmo antes das festas de natal Brandon Forseth perdeu a sua companheira num acidente de automóvel.

Kyleen Bruce tinha apenas 24 anos na altura do acidente, no dia 20 de dezembro quando conduzia numa estrada no estado de Oregon. O casal estava também a preparar-se para anunciar aos seus familiares uma grande notícia pela altura das festas. 

Eles esperavam o primeiro filho. Lylee estava grávida de 18 semanas e estavam à espera da 20ª semana para o anunciar. Até estavam a preparar um vídeo.

Bandon estava em choque.

Devastado, Brandon decidiu homenagear a sua companheira e o seu filho com um discurso.

"Tu obrigaste-me a fazer a promessa de apenas anunciar a vinda ao mundo do nosso filho após a 20ª semana de gravidez, depois de ter conhecimento do sexo do bebé. Tínhamos previsto fazer um vídeo a anunciar de maneira divertida e partilhá-lo com toda a gente.

Tu estavas grávida de 18 semanas do nosso primeiro bebé, nunca tinha sentido tal sentimento, tanto amor e excitação.

Ouvir pela primeira vez o batimento do seu coração, babar-me ao ver as fotos da ecografia fixadas no frigorífico enquanto via a vida desenvolver-se em ti mesma. Estava tão ansioso por ser pai e sentia-me afortunado de o ser contigo ao meu lado.

Eu não consegui impedir-me de desvendar o segredo a vários membros da família e a amigos próximos. Tu dizias-me constantemente "Brandon, tu não sabes guardar um segredo". Eu simplesmente sorria e pedia-te desculpa pois sentia-me demasiado excitado.

Serias sem dúvida a mamã perfeita, Kylee. Tu fazias-me sentir imensamente feliz. Tu eras o eu futuro. Tudo o que eu fiz, trabalhar tanto, cada decisão tomada, tinha como único objetivo tu e a tua felicidade.

Eu peço-te agora desculpa por ter rompido a minha promessa e de o ter contado a várias pessoas antes do tempo, mas sentia-me tão orgulhoso de ti e queria que todo o mundo soubesse até que ponto tu te sentias feliz ao esperar o nosso filho, até que ponto te preocupavas com a sua saúde e como, cada semana, me dizias coisas do género: "O nosso bebé agora tem o tamanho de uma baga de uva" ou "Sabias que o nosso bebé já tem pálpebras?" 

Eu podia sentir o calor e a determinação que te dava o nosso filho, e sabia que tinha que dar o melhor de mim mesmo para que se sentissem felizes e em segurança. Infelizmente não consegui manter-te em segurança na noite de ontem.

Deveria ter-te acompanhado à cidade de Bend como me tinhas pedido... Se eu não tivesse estado tão cansado talvez as coisas fossem diferentes. Como é que o mundo pode ser tão estranho e cruel ao ponto de fazer desaparecer almas tão bonitas e inocentes como as vossas em vez da minha? Tomava o vosso lugar sem hesitar.

Prometo continuar a ser o homem pelo qual te enamoraste, prometo fazer algo de fantástico com o resto da minha vida, prometo que vais ficar orgulhosa de mim, prometo nunca mais acreditar que algo é dado por certo e prometo dizer quantas vezes forem possíveis que amo todos os que são importantes para mim.

Gostaria de o ter dito ontem à noite, antes de saíres, mas no fundo do meu coração eu sei que tu sabias." 

"Este natal ia ser o melhor de sempre. Atualmente estou a olhar para a primeira árvore de natal que tinha em casa faz muitos anos, uma árvore que nós dois tínhamos encontrado e cortado juntos. Por baixo da árvore estão as prendas que deixaste para mim, magnificamente embrulhadas com um bonito laço.

Não há nenhuma para ti pois ainda não as tinha embrulhado... procrastinei como sempre... mas Kylee, quero que saibas que tinha coisas para te oferecer que gostarias imenso.

Eu sei que tu te chateavas se eu abrisse as prendas antes do tempo, pois sabias perfeitamente que eu não consigo guardar segredos, mas eu quero que o saibas um pouco antes da data este ano.

Eu tinha para te oferecer um "vanity case", para que finalmente tu pudesses ter mais lugar para a tua maquilhagem, no lugar de partilhares comigo o minúsculo espelho da casa de banho; muitos livros, pois sei que adoravas ler; uma embalagem térmica para puderes levar refeições quentes para o teu novo emprego na escola materna de Bend, pelo qual tu te sentias tão ansiosa; aquele gorro Eddie Bauer que combinava perfeitamente com o teu cachecol; um camuflado especial para que pudéssemos ir caçar juntos no próximo ano; e camisolas para te manter bem quente...

Se tu quiseres, Kylee, ainda os posso embrulhar. Vivíamos juntos há pouco tempo, mas a casa está recheada da tua energia e do teu calor, o cheiro das tuas velas perfumadas ainda está presente, o meu armário está cheio de roupas tuas, o teu casaco está pendurado na porta de entrada e os teus sapatos estão pousados à direita, onde os deixaste ontem à noite, mas tudo parece tão vazio sem ti." 

"Sinto tantas saudades tuas, Kylee, eu sempre fui capaz de arranjar e de resolver os problemas dos outros, mas não sei como fazer a partir de agora. Sinto-me imensamente só.

Estou à espera que tu abras a porta. Amo-te tanto, Ky. Eu sei que vais ser a melhor mamã no céu para o nosso bebé quando ele nascer, no mês de junho. Eu gostaria tanto de poder ver a carinha dele. Eu sei que ele seria magnífico, tal como a mãe. Feliz natal meu amor. Prometo-te não abrir as prendas antes do dia de natal.

Descansa em paz, Kylee Bruce,

Descansa em paz Braylee ou Talon, o papa adora-te."

Partilhar no Facebook
2,513 2.5k Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe