Notícias : ​A sua avó deixou este menino incapacitado sozinho num café. 17 anos mais tarde, ninguém acredita no que aconteceu

​A sua avó deixou este menino incapacitado sozinho num café. 17 anos mais tarde, ninguém acredita no que aconteceu

Para toda a vida

Partilhar no Facebook
1,953 2.0k Partilhas

A sua avó deixou este menino incapacitado sozinho num café. 17 anos mais tarde, ninguém acredita no que aconteceu

Jim Bradford tinha 56 anos quando o destino quis que entrasse num café da sua localidade, Mrs. Winner's Chicken & Biscuits. Quando se sentou à sua mesa, Jim viu um menino de 9 anos sentado sozinho umas mesas mais adiante. Embora normalmente não prestasse atenção às crianças, esta chamou-lhe a atenção. Com a camisola manchada de comida, tinha aparelhos ortopédicos e tinha um braço dobrado num ângulo estranho. O homem decidiu perguntar ao pessoal do café se o conheciam. 

Acontece que o menino se chamava HK e era neto da funcionária de caixa, Pearl Derryberry, que não tinha dinheiro para deixá-lo ao cuidado de outra pessoa. Mas quando Jim soube da história do pequeno, ficou com o coração partido. Os pais de HK Derryberry, Nashville, EUA, iam no carro em julho de 1990 quando se abateu a tragédia sobre eles: o pai perdeu o controlo do automóvel, que acabou por embater numa árvore. O pior é que a mãe estava grávida. Entrando no hospital com um forte traumatismo cerebral, os médicos fizeram o impossível para salvar o bebé. Embora a sua mãe tenha morrido, HK saiu vivo da tragédia. 

Mas não acabou tudo aí: o bebé tinha nascido com 3 meses de antecedência e cego. Alguns dias mais tarde, ele teve um derrame cerebral grave que lhe causou paralisia cerebral e desenvolvimento pobre dos membros inferiores. Após 96 dias dramáticos nos cuidados intensivos, o seu pai pode levar HK para casa. Contudo, a morte da sua mãe foi um grande golpe para o pai de HK, que 5 anos mais tarde o abandonou e o deixou aos cuidados da sua avó, Pearl. A partir desse momento, Pearl passou a ser a principal cuidadora: lavava-o, dava-lhe de comer, registou-o numa escola para cegos e lutou para que aprendesse Braille com a sua mão boa. "Estava exausta do dia-a-dia", explica a sua avó. 

Mas naquele dia em que Jim o conheceu, tudo mudou. E foi o início de uma grande amizade. Depois de pedir permissão a Pearl, Jim começou a levar HK a passear. Iam tomar batidos de chocolate, fazer compras ao supermercado, fazer lavagem ao carro... Todas as pessoas que Jim amava tinham partido, pelo que este novo amigo também lhe deu uma nova vida. 

Mas a grande surpresa chegou em 2002, quando Jim descobriu uma coisa do seu amigo que nunca tinha imaginado. Ele descobriu por acaso, quando alguém recordou a Jim que a data de uma reunião seria terça-feira, 12 de março. Em seguida, HK respondeu-lhe: 12 de março é quinta-feira, não é terça. Embora ao princípio acreditasse que era uma brincadeira, acabou por se revelar verdade. Foi naquele dia que Jim descobriu que o seu melhor amigo tem uma memória prodigiosa. O rapaz, que tem agora 26 anos de idade, lembra-se de cada detalhe insignificante da sua vida. 

Por exemplo, HK lembra-se o que comeu (massa Alfredo com espinafres) e o que ele viu na televisão ("Star Search", no Canal 5) a 19 de março de 2003. E exatamente a que horas as notícias anunciaram nesse dia que havia soldados disparando contra casas em que se pensava que Saddam Hussein estaria. HK tem algo chamado de hipertimesia, por isso, é uma das poucas pessoas no mundo que consegue recordar cada detalhe das suas vidas. Hoje HK tem 26 anos e Jim 73. A sua amizade tornou-se mais forte durante estes 17 anos e agora até escreveram um livro, "The Awakening of HK Derryberry" (O despertar de HK Derryberry). 

E se há alguma coisa que HK mereça recordar é a sua amizade com Jim. Sobre o dia em que se conheceram no café, Jim disse mais tarde: "parecia que Deus era o meu GPS nesse dia". Uma amizade bonita e inesperada que durará para sempre. Boa sorte para ambos! 

Partilhar no Facebook
1,953 2.0k Partilhas

Fonte: No lo creo · Crédito foto: No lo creo

Goste/partilhe