Notícias : A mulher dele morreu aos 83 anos. Mas quando ele viu o talão de cheques dela alguns dias depois, ele encontrou algo que lhe tocou diretamente no coração.

A mulher dele morreu aos 83 anos. Mas quando ele viu o talão de cheques dela alguns dias depois, ele encontrou algo que lhe tocou diretamente no coração.

Um amor que vai além...

Partilhar no Facebook
1,133 1.1k Partilhas

A mulher dele morreu aos 83 anos. Mas quando ele viu o talão de cheques dela alguns dias depois, ele encontrou algo que lhe tocou diretamente no coração.

O matrimónio de Jimmy e Billie Breland foi muito feliz. O casal de Mississippi, nos Estados Unidos, ainda declarava profundo amor entre si depois de 60 anos juntos. Jimmy era pastor Batista e Billie, professora.

.

Mas em janeiro de 2015 a saúde de Billie começou a deteriorar-se. Jimmy mudou-se para o hospital com a esposa para passar todos os momentos do dia ao lado dela. Mas, infelizmente, aos 83 anos, Billie faleceu.

Dois dias depois, Jimmy estava a ver os pertences da falecida amada quando encontrou um talão de cheques. De acordo com os amigos e familiares dela, Billie costumava escrever lembranças para si mesma que podiam ser encontradas por toda a casa. E, como prova, aqui estava uma das anotações de Billie, ou pelo menos foi isso que Jimmy pensou a princípio.

Isso foi o que Billie escolheu dizer ao marido no final da vida; ela que ele o lesse após a sua morte: 

 
"Por favor não chores porque eu morri! Sorri porque eu vivi! Sabe que eu estou num lugar feliz! Sabe que nós vamos nos ver de novo! Até já!"

As palavras« emocionaram o marido amoroso e deram-lhe conforto neste momento de perda.

O post já foi partilhado mais de 1.700 vezes. Quem quer um amor assim, um que dure a vida inteira e vai até além!

Partilhar no Facebook
1,133 1.1k Partilhas

Fonte: http://www.naoacredito.com.br/jimmy-billie/?ref=fb · Crédito foto: http://www.naoacredito.com.br/jimmy-billie/?ref=fb

Goste/partilhe