Lifestyle : Esta mãe faz yoga, mas depois morre de vergonha quando esta coisa sai do seu traseiro.

Esta mãe faz yoga, mas depois morre de vergonha quando esta coisa sai do seu traseiro.

Todos os detalhes no interior ...

Partilhar no Facebook
365 365 Partilhas

Esta mãe faz yoga, mas depois morre de vergonha quando esta coisa sai do seu traseiro.

Laura Mazza é um blogueira que vive na Austrália.

Ela gosta de partilhar as suas aventuras como mãe, mas recentemente, ela causou a gargalhada total on-line quando teve um acidente muito embaraçoso ao fazer yoga.

Agora tente não rir descobrir a sua história hilariante a seguir:

"Eu gostaria que esta história saísse do meu imaginário, mas, infelizmente, não. Ela aconteceu-me realmente esta noite.

Eu sofro de uma separação dos músculos abdominais. Ter filhos separou o meu ventre como Moisés fez ao Mar Vermelho. [...] Então, eu tentei remuscular-me e depois do conselho de um especialista, eu escolhi o yoga para o fazer.

Estavamos em pleno curso de Yoga tentando várias poses diferentes, começamos com a pose do cão com a cabeça para cima, eu senti as minhas costas estalar, mas disse para mim mesma 'eu vou conseguir ... Eu amo yoga. Eu sou uma pro de yoga !!! Vê como sou forte. "

Durante algumas semanas eu também sofri do síndrome do intestino irritável. Quando eu deixo sair um gás, é uma mistura de ovo podre e de cadáver. De repente, entre a posição do golfinho e a do cão de três pernas, duas bombas de mau cheiro escaparam-se do meu traseiro. Eu peidei-me. Eu peidei-me durante o meu curso de yoga. Eu sou tão clichê. O meu períneo deixou-me ficar mal.

Eles foram silenciosos. Mas ao mudar de pose, ao pôr a minha cabeça entre as minhas pernas, o cheiro quase me pôs K.O. É como se eu estivesse completamente podre por dentro. Pensei em ir embora do curso, pensei mesmo em deixar o país. Isto realmente aconteceu? ISTO ESTÁ REALMENTE A ACONTECER? [...]. Então eu "recuperei" os meus sentidos e pensei 'bem, você sabe o quê? Não faz mal, toda a gente dá peidos, é assim!

Em seguida, descemos as pernas como um sapo. O professor geralmente vai ao redor da sala e empurra-nos um pouco para baixo ... eu pensei 'Oh não, minhas costas vão estalar outra vez. Eu apertei as minhas nádegas com todas as minhas forças para evitar que outro acidente acontecesse. O professor aproximou-se, empurrou-me um pouco mais para baixo e ... prooooooouuuuuut!

Um grande som trombeta escapa das minhas nádegas. 'Não é verdade. Isto não é verdade. Isto não é verdade! " [...] Eu fiquei vermelha como um tomate e com lágrimas nos olhos, fiquei tão envergonhada. Levantei-me, enrolei o tapete ... peguei nos sapatos e nas meias e, em seguida, corri para a porta. Quando me virei para fechá-la, todos os rostos se viraram para mim, chocados ... (ou em coma acordado por causa do cheiro).

O professor olhou para mim, olhou para baixo e juntou as mãos para dizer 'Namaste'. Na minha cabeça eu respondi 'namaste de nada, vou-me mas é embora', e fechei a porta. Estou agora sentada no McDonald's a comer um sundae entre lágrimas e risos. Desculpe Sr. fisioterapeuta, mas eu nunca, nunca, nunca mais vou fazer yoga. Que se l.... a separação dos músculos! "

Ufa! Que história embaraçosa!

Partilhar no Facebook
365 365 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe