Imagens : ​10 eventos fascinantes neste planeta que não têm explicação terrestre.
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

​10 eventos fascinantes neste planeta que não têm explicação terrestre.

O nosso planeta está cheio de mistérios.

Publicado por Vamos lá Portugal em Imagens
Partilhar no Facebook
114 114 Partilhas

10 eventos fascinantes neste planeta que não têm explicação terrestre.

Há centenas de anos que a história do nosso maravilhoso planeta mantém inúmeros mistérios surpreendentes, aos quais o Homem procura encontrar explicação, seja pela ciência ou pela religião. Muitos dedicaram a sua vida a tentar desvendar alguns destes segredos inexplicáveis, no entanto, mesmo hoje em dia, a solução da maioria dos mistérios ainda não está à vista.

Temos o prazer de apresentar-lhe alguns destes incríveis enigmas do nosso mundo fascinante.

Moa gigante

O Moa era uma ave gigante não-voadora. Habitava a Nova Zelândia, ilha que, pela sua posição geográfica e isolada do continente australiano, possui uma fauna extraordinária. O Moa desapareceu no século XIV, exterminado pelos aborígenes maoris. Numa das expedições realizadas nas últimas décadas, descobriu-se uma perna de um espécime de Moa em perfeito estado de conservação. 

Fortaleza de Sacsayhuamán

Esta fortaleza cerimonial impressiona pela sua majestosidade, sustentada apenas pelo peso de pedra sobre pedra, com exatidão milimétrica e sem a ajuda de material adesivo. É um mistério, como foram capazes de manipular estes gigantes blocos de granito, transportá-los por locais estreitos, sem contar com a impressionante precisão com que estão colocados. 

Porta do Sol, Bolívia

A porta do sol está localizada em Tiwanaku, nas ruínas de uma cidade antiga e enigmática. Muitos investigadores consideram isso a parte central de um poderoso e grande império que existia no início da nossa era. O significado dos desenhos que aparecem nela é, ainda hoje, um mistério para os historiadores e cientistas. 

A gruta de Longyou – China

A idade desta impressionante gruta é estimada em cerca de 2000 anos. É conhecida como o maior trabalho de escavação feita pelo Homem.

No entanto, representa um enigma que há muito que está a dar que fazer às personalidades de engenharia, arqueologia, arquitetura e geologia. Quem foram os seus construtores? Porque decidiram fazê-lo? Que ferramentas usaram para realizar esta tarefa? 

O obelisco, Egito

No mundo antigo, as obras eram esculpidas diretamente na rocha. Este obelisco monumental teve que ser abandonado em plena construção quando foram encontradas fissuras na massa rochosa. A sua magnitude surpreende todos os que a visitam. 

A cidade submersa de Yonaguni, Japão

Uma das maravilhas subaquáticas realizadas pelo Homem. Foi descoberta casualmente pelo instrutor de mergulho Khachiro Arataki, num dos seus mergulhos. Este fato questiona muitas teorias científicas, já que, de acordo com as investigações, esta pedra afundou-se há cerca de 10000 anos atrás, superando a idade atribuída às pirâmides do Egito.

Antes desta descoberta singular, todas as teorias concordavam que a humanidade naquela época só habitava em cavernas, era incapaz de fazer construções similares a uma cidade de pedra. 

Mohenjo-Daro (a cidade dos mortos) – Paquistão

Ao longo da história do Homem várias cidades surgiram, desapareceram ou foram abandonadas, sem qualquer explicação.

Este é um caso que os arqueólogos investigam há muito tempo. Em 1992 o arqueólogo índio R. Banardzhi, estudando a zona, descobriu estas ruínas na margem do rio Indo. Porque é que a cidade foi destruída? Para onde foram os habitantes? Estas perguntas continuam sem resposta. 

A antiga cidade de L’Anse aux Meadows, Canadá

Muitas pesquisas mostraram que há cerca de 1000 anos, os vikings chegaram à América do Norte, através de águas congeladas da Gronelândia, muito antes da descoberta do Novo Mundo pelos europeus nas viagens de Cristóvão Colombo. Este é um assentamento fundado por esses povos – habitações construídas debaixo de terra, para protegerem-se do frio e da geada. 

Os túneis da idade da pedra

Através da Europa, da Escócia à Turquia, existe um emaranhado sistema de túneis subterrâneos. Pensa-se que os habitantes da era da pedra refugiaram-se aqui dos predadores, quando terminavam as suas atividades de caça. Alguns consideram que eram usados para viajar a grandes distâncias, protegidos das inclemências do tempo e dos conflitos bélicos que sempre acompanharam o Homem. 

Bolas de pedra gigantes da Costa Rica

Foram encontradas por trabalhadores nos anos 30 do século XX, quando as áreas de plantações de banana na selva estavam a se expandir. As crenças locais afirmavam que dentro dessas esferas espetaculares havia inúmeras riquezas. Algumas pessoas até as explodiram mas não encontraram nada no interior.

Mas o mistério permanece. Se é estimado que elas datam de 300a.C a 300d.C, então, com que técnica e com que ferramentas conseguiram cria-las com tal perfeição? 

Quantos mistérios surpreendentes o nosso planeta ainda esconde, não conseguiremos nem numa vida resolvê-los a todos. Partilhe estas fotos incríveis com os seus amigos.

Partilhar no Facebook
114 114 Partilhas

Fonte: Qué pasada
Crêdito foto: Qué pasada

Goste/partilhe