Famosos : ​Um amigo próximo de Michael Jackson revela o conteúdo de uma terrível​ carta enviada antes da sua morte!

​Um amigo próximo de Michael Jackson revela o conteúdo de uma terrível​ carta enviada antes da sua morte!

É assustador!

Publicado por Vamos lá Portugal em Famosos
Partilhar no Facebook
389 389 Partilhas

Um amigo próximo de Michael Jackson revela o conteúdo de uma terrível carta enviada antes da sua morte!

Michael Jackson tinha previsto que seria assassinado numa carta que enviou a um amigo algumas semanas antes de sua morte em 2009.

Estas cartas reforçam várias suspeitas, incluindo a de Paris, a sua filha, e da irmã La Toya, que o Rei da Pop teria sido assassinado.

Nas 13 cartas, ele disse: "Eles estão a tentar matar-me" e "Eu temo pela minha vida."

A sua existência foi revelada pelo empresário alemão Michael Jacobshagen, 34 anos, que era amigo há vinte anos da estrela, durante uma entrevista na televisão australiana.

Jacobshagen disse à apresentadora Daphne Barak que Michael Jackson estava em lágrimas Las Vegas. A estrela estava a preparar-se para uma digressão em Londres, mas implorou ao amigo para acompanhá-lo aos Estados Unidos.

"Ele estava em pleno esgotamento emocionante", disse  "Eles vão me matar ' ", lembra ele. Ele passou três dias com o cantor, onde ele lhe deu notas (as tais cartas), dizendo que o iriam matar. Não ficou claro quem eram "eles", mas observa-se a referência a promotores AEG  que organizaram os concertos que tinha de fazer em breve.

A nota dizia: "AEG colocam-me muita pressão ... Eu temo pela minha vida. "

O Rei da Pop foi encontrado morto algumas semanas mais tarde, oficialmente com uma overdose de propofol, originando dois anos de prisão ao seu médico pessoal Conrad Murray, acusado de homicídio involuntário. Mas há mais de dez anos que Jackson usava propofol para tratar a insónia. Jacobshagen decidiu publicar estas notas para apoiar Paris, filha de Michael Jackson, que recentemente disse que o pai tinha sido assassinado.

Partilhar no Facebook
389 389 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye

Goste/partilhe