Resposta ao comunicado arrasador da irmã de Luciana: “Não tinham saído da miséria se não as ajudasse”

72738 Visualizações
72738
Resposta ao comunicado arrasador da irmã de Luciana: “Não tinham saído da miséria se não as ajudasse”
1004
Partilhas
/ /

Uma fonte próxima da cantora e atriz contou ao site VIP que Luciana está devastada com as acusações que a irmã lhe fez publicamente.

A Luciana não se vai pronunciar publicamente. Este comunicado é para magoar e prejudicar”, assegura. “A Luciana soube de coisas do passado que a mãe e a irmã lhe omitiam que eram muito graves. Mediante isso, precisou de um afastamento. Na altura, a mãe exigiu casa, carro e pensão de alimentos e ela concordou. Mas depois, a mãe foi viver com o namorado e a irmã usava o carro sem poder. Perante isso, ela decidiu cortar com o apoio financeiro. É daí que vem agora o comunicado, porque se acabou o dinheiro. O afastamento pessoal já se deu há vários meses”, revela a fonte próxima de Luciana Abreu.

A mãe tem 50 anos, está bem de saúde e tem idade para trabalhar. O pai processa-a porque quer dinheiro e a mãe pede-lhe pensão de alimentos, carro e casa, mas a Luciana está sozinha a sustentar as duas filhas. Se ela fosse o Cristiano Ronaldo e fosse milionária fazia sentido, mas não é. Irmã que ama não vai para a imprensa prejudicar.  E ainda dá a entender que a Luciana se aproveitou de homens para chegar onde chegou, isso é gravíssimo.  A Luísa e a Ludovina não tinham saído da miséria se a Luciana não as ajudasse. Se não lhes desse o que deu, elas não tinham a vida que têm”, acrescenta.

A Luciana deixou de confiar na mãe e na irmã por isso precisou de um afastamento. Mesmo assim não anda a dizer mal delas. Está calada, mas está muito abalada, só e triste. Perdeu praticamente toda a estrutura familiar. Acabaram por ver na Luciana uma galinha dos ovos de ouro. Se tivessem uma mesada ninguém estava a falar mal dela. Porque é que a mãe não exige à Luísa ou à irmã mais velha o mesmo que exige à Luciana?”, questiona.  “Se os pais passarem todos agora a exigir indemnizações, casa e carro, seria muito complicado. Deixaram de viver na miséria graças a ela, a Luciana chegou a ter três trabalhos no Porto para as sustentar”, conclui.

  Partilhar no facebook