Comédia : Em pânico, ela tenta tirar o cagalhão da sanita. A solução dela é hilariante!

Em pânico, ela tenta tirar o cagalhão da sanita. A solução dela é hilariante!

Em pânico, ela tenta tirar o cocó da sanita. A solução dela é hilariante!Esta é a história de Makela e o seu primeiro encontro catastrófico com o homem dos seus sonhos. Ela contou a experiência no Twitter e milhares de pessoas estão falar a respeito di

Partilhar no Facebook
920 920 Partilhas

Em pânico, ela tenta tirar o cagalhão da sanita. A solução dela é hilariante!

Esta é a história de Makela e o seu primeiro encontro catastrófico com o homem dos seus sonhos. 

Ela contou a experiência no Twitter e milhares de pessoas estão falar a respeito disso. Mas, cuidado! 

A história dela pode fazer com que a tua barriga doa... de tanto rir!

[EMBED]

A jovem Makela, que mora em Toronto, no Canadá, tem um encontro com um rapaz bonito que conheceu no mercado. Está tudo a ir bem e os dois vão para o apartamento do Sr. Perfeição no final da noite.

É aí que Makela começa a ter uma sensação que já não pode ignorar: ela tem de ir à casa-de-banho!

No Twitter ela escreve:

"Eu tenho uma história para contar. É sobre o meu cocó.

"Então, ontem eu tive um encontro com um rapaz que me convidou para sair outro dia. Estava tudo bem. Eu fui a casa dele. Eu sou uma mulher confiante, calma e segura de si... então senti-me confortável em fazer cocó na casa-de-banho dele. Eu cometi um erro. O autoclismo dele não estava a funcionar.

Então, claro, como qualquer outra mulher calma, confiante e segura de si, eu entrei em pânico. Eu puxei o autoclismo 1000 vezes, piorando ainda mais a situação.

Chegou um ponto em que eu já estava desesperada, porque já estava lá dentro há muito tempo. Era só um cagalhão. Então, naquele momento, pensei em algo. E eu sabia exatamente o que fazer.

Peguei no papel higiénico e tirei aquele cagalhão da sanita.

Depois que tirei, dei-me conta de que eu não tinha um plano. O que fazer com ele agora? Eu não posso deixá-lo aqui...

Naquele momento  estava MUITO desesperada porque DEFINITIVAMENTE já estava lá dentro há muito tempo.

Então, novamente, tomei outra decisão horrível. Eu fiz a única coisa em que pensei. Enrolei o cagalhão em várias camadas de papel higiénico e coloquei-o dentro da minha bolsa.

E agora? Nós estávamos sentados no sofá dele beijando-nos, e tudo o que eu conseguia pensar era no cagalhão na minha bolsa.

Ele: "És linda. Ganhaste o meu coração no momento em que me sorriste"

Eu: "Que fofo."

E na minha cabeça: "Eu tenho um cagalhão na minha bolsa."

Depois de algumas horas ele usou a casa-de-banho e eu escutei a descarga. Eu imaginei que ele a tivesse consertado. Talvez não, mas eu tinha de arriscar. Eu tinha de tentar descargar o cagalhão.

Então levei minha bolsa à casa-de-banho. Desenrolei o cocó, rezei para todos os deuses que conheço, atirei-o na sanita e puxei o autoclismo.

Pela graça de Deus, funcionou. O cagalhão foi-se embora. Eu estava livre. Nada mais me prendia. Tudo ficaria bem. Eu sobrevivi. Eu sou uma sobrevivente.

Esta é a minha história. Um rapaz, a dizer-me que eu sou a mulher mais maravilhosa que ele já conheceu, sem saber que a 3 metros dali, na minha bolsa, estava o meu cagalhão.

Que pesquei de dentro da sanita.

Isto foi muito vergonhoso para mim. Mas, sério: não bebas café antes de um encontro. É melhor ficar sonolenta do que ter que esconder um cagalhão na bolsa."

Nós sinceramente esperamos que tenha dado tudo certo com Makela e o homem dos sonhos dela, e que ela possa esquecer todo incidente do cagalhão, caso eles se casem um dia :)

Partilhar no Facebook
920 920 Partilhas

Fonte: Naoacredito · Crédito foto: Naoacredito

Goste/partilhe