Animais : Torturador de cães condenado a pena de prisão de 28 anos.

Torturador de cães condenado a pena de prisão de 28 anos.

Grande Juiz!

Partilhar no Facebook
11,543 11.5k Partilhas

Torturador de cães condenado a pena de prisão de 28 anos.

Jason Shilo Brown foi condenado no início do mês a 28 anos de prisão por torturar, assassinar e desmembrar sete cães.

O jovem de 25 anos foi preso no ano passado depois de cabeças e outras partes de cães serem descobertas num quarto de hotel na cidade de Reno, em Nevada, nos Estados Unidos.

O juiz, o promotor e o advogado de defesa do caso afirmaram que esse foi um dos crimes mais terríveis que já viram durante as suas práticas jurídicas. Pelo menos quatro animais foram decapitados.

Com a investigação foram descobertas fitas de vídeo com cenas das torturas. “Essas imagens que vi, nunca as vou esquecer”, afirmou o juiz Elliott Sattler antes de pedir a pena máxima para o que ele descreveu como um crime bárbaro. “A crueldade, o sadismo que exibiu é simplesmente chocante”, disse ele. “A parte que me assustou mais sobre os vídeos é que os produziu em primeiro lugar. Isso diz-me que quis voltar e vê-los novamente, como um troféu. Assistiu com os seus amigos e riu-se”, disse Sattler ao réu.

Segundo Brown, na época eles estavam sobre o efeito de drogas e não se lembram dos eventos.

Durante o julgamento Brown ficou algemado e usou um colete à prova de balas. As medidas foram tomadas para sua própria segurança, pois o caso gerou muita comoção na região.

A sentença foi classificada como histórica para um caso de crueldade com animais. Brown é a pessoa condenada a mais tempo por maltratar e assassinar cães.

Partilhar no Facebook
11,543 11.5k Partilhas

Fonte: bligz · Crédito foto: bligz

Goste/partilhe