Animais : O universo desconhecido: 10 aterradores habitantes da Amazónia.
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

O universo desconhecido: 10 aterradores habitantes da Amazónia.

O perigo que espreita na bacia amazónica.

Publicado por Vamos lá Portugal em Animais
Partilhar no Facebook
1,250 1.3k Partilhas

O universo desconhecido: 10 aterradores habitantes da Amazónia.

Quem é que nunca ouviu falar acerca da Amazónia, a maior e exuberante floresta tropical do mundo? As florestas amazónicas são famosas pela sua variedade de flora e fauna. Estrar neste universo singular sem necessidade pode custar a vida aos turistas incautos – os habitantes da floresta podem devora-los a qualquer momento e sem pensar. Além disso, as plantas venenosas e as criaturas com dentes afiados esperam por você. E não pense que o perigo só o espera em terra…

As águas do rio Amazonas estão cheias de criaturas perigosas que não dão a ninguém a possibilidade de se salvar. Ainda tem vontade de visitar este lugar? Pois, hoje temos preparado para si uma lista dos 10 animais mais perigosos que habitam o rio Amazonas.

Crocodilo negro

É um atleta no mundo dos crocodilos: os maiores espécimes atingem os 6 metros de comprimento. Tais criaturas reúnem no mesmo corpo a força do mangusto e a reação de um tigre. São os predadores mais perigosos da Amazónia que destroem tudo o que lhes passa à frente. 

Anaconda

Outro grande predador que habita as águas locais é a anaconda. É a maior cobra do mundo cujo peso alcança os 250 quilos. As anacondas podem ter até 9 metros de comprimento e 30 centímetros de diâmetro. Não há quem consiga escapar dos seus “abraços”. Estes monstros geralmente estão escondidos nas águas pouco profundas dos afluentes do rio.  

Arapaima

Estes gigantes têm escamas grossas – uma capa protetora perfeita que os protege até das piranhas. Os arapaimas caçam, principalmente, peixes pequenos e aves, mas não diziam que não a provar um humano. Estes peixes crescem até 3 metros e podem pesar até 90kg. Este monstro tem, também, os dentes na língua.  

Lontra brasileira

Até as lontras aqui são gigantes. Esta criatura com 2 metros de comprimento alimenta-se de peixes e caranguejos. No entanto, a sua força e poder está em grupo: reunidas em grupos, são capazes de matar anacondas adultas e crocodilos. Chamam-nos de lobos do rio e para eles não é problema matar os animais fortes, um humano seria só um aperitivo. 

Candiru (peixe vampiro do Brasil)

Estes pequenos peixes parasitas aparentam ser inofensivos. Mas não se engane – são mais perigosos eu os predadores maiores. Geralmente, vivem como parasitas dos peixes maiores, escondem-se nas suas brânquias e alimentam-se do seu sangue. Mas podem também penetrar pele do corpo humano. Quando isto acontece, só podem ser retirados ao fazer uma cirurgia.

Os mais pequenos entram no corpo humano através do ânus, da abertura vaginal e até mesmo através do pénis. Ao instalarem-se no corpo, podem causar uma dor infernal. Os pobres homens que já passaram por um tormento semelhante, suplicam aos médicos para que os salvem.  

Tubarões touro

Estes simpáticos animaizinhos vivem, principalmente, nas águas salgadas do oceano. Mas em algumas ocasiões, entram em água doce, induzindo o medo às pessoas que estão no local. As suas mandíbulas têm uma força de mordida de 589kg. A este encontro, não sobrevive ninguém. 

Enguias elétricas

Eu não tocaria nessas criaturas com as mãos. As enguias de 2 metros podem descarregar eletricidade de 600 volts. E esta é, de certeza, 3 vezes mais forte que a que temos nas tomadas elétricas. Pode parecer que esta tensão é assassina, mas não é.

A descarga, em si, não mata. A morte é causada pelo afogamento – a vítima deixa de respirar devido ao choque doloroso.  

Piranhas

Estas pequenas criaturas aparecem muitas vezes nos filmes de terror de Hollywood. E não é por acaso. Elas ganharam a reputação de assassinas implacáveis, graças aos seus dentes afiados, capazes de rasgar a carne em pedaços.

Falta destacar o facto de as piranhas serem necrófagas. Mas não diziam não a carne fresca. 

Peixe vampiro

Estas sanguessugas submarinas têm verdadeiras presas de vampiros. Peixe-diabo ou peixe vampiro tem os dentes no maxilar inferior. A vítima fica presa e não consegue fugir por lado nenhum. O palato tem um buraco especial para as presas longas.  

Tambaqui – Pacú negro

Estes peixes com um singular sorriso humano são familiares das piranhas. Embora o Pacú prefira frutas e nozes, não nega morder uma pessoa. Houve casos em que estes peixes morderam os testículos de homens que nadavam nus. Não desejaria isso nem ao meu pior inimigo. 

O bonito e majestoso Amazonas está cheio de perigos. Mas isto não afugenta, de forma alguma, os turistas. Quanto a mim, é melhor manter-me bem longe destes lugares que parecem de outro universo. 

Qual dos predadores impressionou-o mais? Não se esqueça de deixar nos comentários e partilhar este artigo com os seus amigos nas redes sociais.

Partilhar no Facebook
1,250 1.3k Partilhas

Fonte: Qué pasada
Crêdito foto: Qué pasada

Goste/partilhe