Animais : No Chile, a polícia adota cães vadios para serem os companheiros durante as rondas.
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

No Chile, a polícia adota cães vadios para serem os companheiros durante as rondas.

Que bela iniciativa!

Publicado por Vamos lá Portugal em Animais
Partilhar no Facebook
15,314 15.3k Partilhas

No Chile, a polícia adota cães vadios para serem os companheiros durante as rondas.

O Carabineros, o equivalente chileno da GNR, têm novos recrutas um pouco especiais na cidade de Quilpué. Para ajudá-los na vida cotidiana, estes cães vadios tornaram-se membros deste corpo de agentes da lei.

Esta iniciativa teve como primeiro objectivo proteger os cães na rua. Há alguns meses, um deles foi atropelado perto da estação da polícia, o que inspirou este gesto.

Os cães vestem coletes reflexivos, como os dos Carabineros que acompanham nas suas tarefas diárias. Mantendo-os como companheiros dos homens em patrulha, eles estão seguros, têm comida e um lugar para dormir.

[EMBED]

E eles foram muito bem educados! Por exemplo, quando um agente tem que entrar num lugar, os cães que o acompanham esperam lá fora, em silêncio, até que ele saia.

Partilhar no Facebook
15,314 15.3k Partilhas

Fonte: http://www.ayoye.com/nouvelles/au-chili-les-policiers-adoptent-les-chiens-errants-pour-leur-servir-de-compagnons-durant-leurs-patrouilles
Crêdito foto: http://www.ayoye.com/nouvelles/au-chili-les-policiers-adoptent-les-chiens-errants-pour-leur-servir-de-compagnons-durant-leurs-patrouilles

Goste/partilhe