Animais : ​Logo após o seu nascimento, este bebé elefante é domado com lâminas. Anos depois, levam o animal para o picadeiro.

​Logo após o seu nascimento, este bebé elefante é domado com lâminas. Anos depois, levam o animal para o picadeiro.

Recém nascido e já neste estado.

Partilhar no Facebook
818 818 Partilhas

Logo após o seu nascimento, este bebé elefante é domado com lâminas. Anos depois, levam o animal para o picadeiro.

Trabalho de rotina no Centro de Conservação de Elefantes na Flórida, EUA: Um filhote de elefante é amarrado ao chão e cercado pelos guardas que o maltratam com cordas e varas. É inconcebível que estas cenas chocantes ocorram num local que se disfarça de "protetor de elefantes". O fato é que, por trás deste procedimento cruel, existe uma tradicional indústria de entretenimento.

O operador deste centro é o circo "American Ringling Brother Circus", que usa esta instalação para criação e adestramento de elefantes para espetáculos. Nas fotos, podes ver como o animal é separado da mãe imediatamente após o nascimento e treinado para os espectáculos. 

Como parte do treino, um instrumento cruel é utilizado, que é conhecido como gancho de elefante ou ankus. Na ponta deste "cabo para adestrar animais", existem duas lâminas que são enfiadas diretamente na pele sensível deles. As imagens são uma triste prova da tortura física e mental infligida aos elefantes com este instrumento. Não é de se surpreender que tenha sido banido em vários estados dos EUA.

Podemos dizer o quanto o adestramento é doloroso pelo número de elefantes que não sobrevivem ao procedimento. Ricardo, um filhote de apenas 8 meses, teve que ser abatido quando caiu de uma plataforma durante o treino e partiu duas patas. Alguns anos antes, um elefante de 3 anos afogou-se quando fugiu para um local com água por medo do cajado do treinador.

Por conta destes incidentes serem tão conhecidos e destas imagens terem sido publicadas pelo ex domador de circo Sam Haddock, a empresa Ringling deu fim ao programa de elefantes. Os animais aposentados devem supostamente voltar para o seu lugar de martírio: O Centro de Conservação de Elefantes da Flórida. Se vão continuar a ser treinados lá não está claro. De acordo com a empresa, os animais também devem ser usados para pesquisa para a cura do cancro. De qualquer maneira, os elefantes ao redor do mundo ainda continuam a ser tratados desta forma cruel. Na Tailândia, eles tipicamente se referem ao adestramento destes animais como "esmagamento de elefantes". Isso porque a personalidade dos jovens animais é destruída com as surras, falta de sono e falta de alimentação.

Enquanto cenas terríveis como estas continuarem a acontecer, onde animais são usados para fins de entretenimento, todos estes programas devem ser boicotados. Existem organizações de bem estar animal e parques de vida selvagem que lutam para a libertação de elefantes de circo torturados, e vale muito a pena ajudá-los. Por exemplo: a Save Elephant Foundation ou o Elephant Nature Park.

As imagens mostradas abaixo, mesmo sendo chocantes, podem ser um primeiro passo para a melhoria de vida destes animais. Partilha este artigo para mostrar a todo mundo a realidade por trás dos espetáculos coloridos de circo.

Partilhar no Facebook
818 818 Partilhas

Fonte: http://www.naoacredito.com.br/salvem-os-elefantes/?ref=fb · Crédito foto: http://www.naoacredito.com.br/salvem-os-elefantes/?ref=fb

Goste/partilhe